• Nutri Fabiana Jarussi

Açúcar: quais opções são mais saudáveis?

O açúcar está presente na mesa de muitos brasileiros e em muitos alimentos do dia-a-dia. Sabemos que não é um ingrediente muito saudável, mas quais são as opções?


Antes de conhecermos as substituições, é preciso lembrar que o problema se encontra excesso do consumo do açúcar de cana. Quando isso ocorre, o açúcar é na forma de triglicérides, aumentando o risco do desenvolvimento de várias doenças como doenças cardiovasculares, ganho de peso, diabetes e hipertensão.


Hoje encontramos muitas opções para subsituir o açúcar de cana, sendo mais saudáveis. Algumas, não adoçam tanto mas também afetam muito pouco a glicmia. Conheça as principais:


Açúcar de coco: é um ótimo substituto do açúcar comum, por ser 100% natural. Possui baixo índice glicêmico, e até pode ser utilizado por diabéticos com controle de glicemia. Fonte de vitaminas do complexo B (B1, B2, B3, B6) e de ferro, zinco, potássio e magnésio.


Agave: substituto natural do açúcar, sendo extraído de uma planta. É fonte de minerais como ferro, zinco, cálcio, potássio e magnésio e apesar de ser mais doce que o açúcar, ele tem um menor índice glicêmico, demorando mais tempo para liberar glicose no sangue, evitando picos de insulina.


Mel: apesar de ser de origem natural, possui alto índice glicêmico. Não deve ser utilizado por pacientes diabéticos. Dentre seus benefícios, podemos ressaltar seu efeito energético, a ação antibacteriana e anti-inflamatória, o efeito antioxidante, e a sua relação com o bom funcionamento do intestino.


Stevia: é um adoçante natural, derivado de uma planta. Suas folhas podem ser usadas para adoçar naturalmente chás. A versão industrializada pode ser utilizado em preparações quentes e frias, mas possui sabor residual.


Xilitol: confere poucas calorias e é de origem natural. Seu poder de doçura é muito próximo do açúcar de cana, mas pode causar um pouco de desconforto em pessoas com o sistema digestivo mais sensível.


Eritritol: é muito parecido com o xilitol, mas não possui calorias e adoça na proporção de 70% quando comparado ao açúcar brando. Tem uma melhor tolerância digestiva, pois as bactérias intestinais não conseguem digeri-lo e não altera a glicêmia sanguínea, podendo ser utilizado com tranquilidade por diabéticos.






Tel: (19) 97116-1321

  • White Instagram Icon
  • White Facebook Icon
  • Spotify - Círculo Branco
  • Branca ícone do YouTube

© 2020 por Fabiana Jarussi. Direitos reservados.