CEREAIS INTEGRAIS E PREVENÇÃO DE DOENÇAS

Fabiana Jarussi - Nutricionista – CRN 11217

           

                                               Um estilo de vida saudável, que inclui uma alimentação                                                                     equilibrada e atividades físicas regulares, é importante para                                                             prevenção e tratamento de diversas doenças, como diabetes,                                                           obesidade, hipertensão arterial, doenças cardiovasculares, câncer, etc.

 

Estudos científicos mostram que incluir os cereais integrais frequentemente em nossa alimentação tem um impacto muito positivo sobre a nossa saúde e pode reduzir o desenvolvimento das doenças citadas acima.

 

Esse benefício sobre a nossa saúde deve-se principalmente porque os cereais integrais são ricos em bioativos importantes como fibras, antioxidantes, fitoesteróis, vitaminas e sais minerais.

 

Alguns exemplos de cereais integrais são farinha de trigo integral, aveia, quinoa, amaranto, cevada, trigo sarraceno, arroz integral, centeio, etc.

 

Importante ressaltar que devemos priorizar o consumo de cereais integrais em detrimento dos cereais refinados e essa mudança deve ocorrer inclusive entre as crianças.

 

A introdução alimentar deve ser feita, se possível, com cereais integrais. Afinal, quanto mais cedo esse hábito é criado, melhores serão os resultados na prevenção de doenças a longo prazo.

 

Os cereais refinados são aqueles que, durante o processo de refinamento, são triturados e têm suas camadas externas retiradas gerando uma farinha ou um grão mais branco e fino.

 

O grande problema do refinamento é que esse processo retira as camadas que mais concentram as fibras, os antioxidantes, as vitaminas e sais minerais.

 

Atualmente, a maioria dos produtos industrializados é elaborada com farinha refinada: pães, biscoitos, bolos, doces, massas, etc.

 

Existe um movimento na indústria alimentícia para introduzir cada vez mais no mercado

produtos elaborados com cereais integrais. Afinal, as pessoas estão buscando cada vez mais essas opções de alimentos.

 

Mas afinal, como saber se o cereal que eu compro é realmente integral? Atualmente encontramos uma variedade muito grande de produtos e suplementos com fibras diversas.

 

A forma mais simples de identificar um produto industrializado fonte ou rico em cereal integral é lendo a lista de ingredientes. Como sempre digo, é fundamental dedicar uns minutinhos a mais no momento da compra para ler os rótulos e saber exatamente o que está levando para casa.

 

Para encontrar um produto com cereal integral procure na lista de ingredientes as palavras integral ou inteiro logo após o nome da farinha. Exemplo: Farinha de trigo integral.

 

Vale ressaltar que o cereal integral deve ser o primeiro da lista de ingredientes. Se ele aparecer no meio ou no final da lista, fique atento.

 

Da mesma forma, algumas informações podem nos deixar confusos. Incluir no rótulo ou na etiqueta as palavras multigrão, 100% trigo, 7/10/12 grãos, orgânico, fibra extra, etc, não garante que o produto seja integral. Nem mesmo uma coloração mais escura do alimento.

 

Por isso é tão importante ler os rótulos para não comprar “gato por lebre”, e pagar a mais por isso. Na dúvida, consulte sempre um Nutricionista.

 

Fabiana Jarussi é Nutricionista Clínico-Funcional e atende presencialmente e online. Para outras informações e dicas acesse as redes sociais:

Facebook: Nutri Fabiana Jarussi

Instagram: @Nutrifabianajarussi

Site: www.fabianajarussi.com

WhtasApp: (19) 97116-1321